Mas uma vez a SONHO DE VOAR escreve seu nome no cenário nacional do voo livre.

 

O piloto André do Ponte, voando Cayenne 5, dá show e conquista o 2º lugar no campeonato!!!
“...Quem será o melhor no Parapente: Cariocas, Capixabas, Mineiros ou Paulistas? Para responder essa pergunta, foi criado um desafio que marca a volta da cidade de Cambuquira ao cenário nacional de Competições. Nos dias 11 e 12 de outubro de 2014, pilotos dos quatro estados e de todo Brasil cruzando o céu do Sul de Minas, em uma disputa por equipes e também individual, dando início a este projeto.
Além do desafio dos Estaduais, o evento contará com uma categoria aberta onde participarão pilotos e todo Brasil em três modalidades: Open, Sport e Feminino.
Neste Ano de 2015, iniciamos a primeira etapa do Desafio Sudeste em conjunto a primeira etapa do Campeonato Paulista de Parapente, na cidade de Santo Antonio da Alegria-SP, na Ilha do Ar. Foram 4 dias de muito festa entre os pilotos. Seguiremos com a Etapa em Castelo-ES e depois encerraremos com Cambuquira-MG, esperamos que na grande final realmente possamos dizer quais dos 4 estados será o grande campeão de 2015.

Recado para os Paulistas (que levaram o título de 2014) se preparem, pois, os Mineiros, Cariocas e Capixabas estão com a faca nos dentes. ..”
Com esta chamada oficial para o GRANDE DESAFIO SUDESTE comecei os preparativos para a viajem e para o campeonato... Era a estreia da minha nova máquina CAYENNE 5...
Tive um primeiro dia de prova muito ruim em que nem consegui dar o start da prova, mas consegui realizar os ajustes de selete, acelerador e etc...
Chegado o 2º dia de prova e com a classificação muuuito baixa, era o dia de correr atrás do prejuízo e tirar o máximo do equipamento. Logo na decolagem já consegui enroscar numa térmica muito boa e com uma subida alucinante o CAYENNE 5 deixou muitas velas pra baixo. Consegui um posicionamento estratégico e formamos o 1º pelotão que deu início ao start da prova e permaneceu junto até o goal. Num planeio excelente e uma velocidade superior a de qualquer outra vela da categoria SPORT e maior que a de muitas velas da OPEN! Na metade da prova me desconcentrei um pouco e deixei passar um pilão e tive que voltar 2km para corrigir meu erro, mesmo assim consegui alcançar o 1º pelotão e concluir a prova em 2º lugar.
Último dia de prova e devido ao resultado ruim no 1º dia, só me restava mandar muito bem nesta última prova e colocar a nave CAYENNE 5 para voar alucinadamente. Voando o tempo todo 100% acelerado o CAYENNE 5 não decepcionou e mostrou para que veio! Chegando ao final da prova eram apenas eu e o piloto ALEX VAN DER PUT de Cayenne 4 da categoria SPORT um pouco na minha frente. E numa perna de 5km de contravento consegui passar amigo e fazer o goal em 1º lugar na categoria SPORT.
Com estes dois resultados consegui encerrar o DESAFIO SUDESTE em 2º lugar geral. E que venha a última etapa do brasileiro em SAPIRANGA!!!
Um forte abraço!!!

google-site-verification: googlee6f68eb8218cef1d.html